SDDS 3404

A partir de um grupo de Whatsapp de spotters, pessoas aficionadas por fotografia e aviação, passei a conviver, aprender e frequentar encontros para fotografar aviões em aeroportos e, por vezes, nas próprias casas dos amigos que fiz (home-spotting), normalmente em bairros ou comunidades carentes próximos às cabeceiras das pistas.

Após quase 2 anos de convívio, me veio a ideia de transferir todo o conteúdo espontaneamente compartilhado no grupo (mensagens de texto, de áudio, fotos e vídeos) para o meu computador e me utilizar da edição, momento privilegiado da análise e interpretação dos fatos, para montar um “documentário” onde os próprios personagens narram suas vivências sem que, em nenhum momento, tenham sido questionados sobre o assunto. Como numa mesa de bar virtual, cerca de 85 pessoas de todas as regiões do Brasil discorrem sobre a paixão que tem pelo hobby, além das dificuldades que encontram pelo caminho. Após apresentar à turma o vídeo, muitos se emocionaram ao enxergarem o seu passatempo, relativamente pouco conhecido e visto com desconfiança por quem é de fora, dando um passo pra fora das sombras ao ser retratado de maneira respeitosa.

O título da obra se refere ao curioso fato de que, ao jogar as quase 170 mil mensagens de texto do chat num contador de palavras, a que mais vezes se repetiu foi SDDS, abreviação para “saudades”. Ela foi escrita 3404 vezes em 15 meses.

 

 

 

Posted in video and tagged with , , , , , , , , , , , , . RSS 2.0 feed.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.